Department of Unified Protection

Proteger a nação, defender os nossos cidadãos.


Bird icnBird icn
Atividade
O Departamento Unificado de Proteção (DUP) é uma autoridade policial incumbida de combater a maior ameaça do século XXI: o bioterrorismo. Com a sua integração vertical de prevenção de ameaças, vigilância, captura, detenção e investigação científica, o DUP protege os cidadãos de perigos únicos causados pelos bioterroristas.
Back to top
Bird icnBird icn
VÍDEOS
Um debate sobre a missão e os valores essenciais do DUP, com SAMUEL FISHBEIN, Diretor Adjunto.

O que faz o DUP?

Olá, sou o Samuel Fishbein, Diretor Adjunto do Departamento Unificado de Proteção. Obrigado por reservares um pouco do teu tempo para nos visitar hoje, para saberes mais sobre o serviço inestimável que fornecemos a esta grande nação.

Cada um dos membros do DUP esforça-se diariamente para te proteger da ameaça do bioterrorismo e da ameaça causada pelo bioterrorismo aos nossos direitos, liberdades e ao modo de vida americano.

Acreditamos que, por muito importantes que sejam os nossos direitos à privacidade, de liberdade civil, de liberdade de expressão e de posse de arma, o direito de viver livre da ameaça de bioterrorismo é igualmente crucial.

Quando dizemos que estamos aqui para ajudar, não é apenas um slogan, é verdadeiro.

Quando se trata de proteger cidadãos do bioterrorismo, o que é mais importante: as liberdades civis ou a segurança nacional?

Sobre a dúvida do que é mais importante, as nossas liberdades civis ou a segurança nacional, a resposta é: essa é uma dicotomia falsa. Não se excluem mutuamente.

Sabemos que medidas radicais, mas necessárias, devemos tomar para proteger os nossos concidadãos da ameaça omnipresente e existencial do bioterrorismo. Contudo, ao tomar essas medidas, temos de encontrar um modo de fazer também cumprir a Constituição desta grande nação. E é precisamente isso que fazemos aqui, no Departamento Unificado de Proteção.

Porque é que o DUP emprega bioterroristas, se a vossa tarefa é apreendê-los?

No Departamento Unificado de Proteção levamos a nossa missão de proteger os cidadãos muito a sério. A nossa fundadora, Brooke Augustine, também é bioterrorista, mas é uma bioterrorista notável e única. Abençoada com um autocontrolo que não encontramos noutros bioterroristas, a missão da vida dela é garantir que a sua espécie não é responsável por mais massacres.

A Sra. Augustine e o DUP sabem, melhor do que ninguém, como os nossos adversários bioterroristas são perigosos. E também sabemos que, por vezes, a melhor maneira de lutar contra um inimigo poderoso é com uma força ainda mais poderosa.

Em conjunto com pessoal militar e cientistas de topo do DUP, Brooke Augustine supervisionou pessoalmente um programa de treino rigoroso para um pequeno grupo de agentes bioterroristas, que será usado em locais designados com uma supervisão rígida. Esses agentes são controlados pelos oficiais do DUP, onde me incluo, e foram implementados vários protocolos de segurança para garantir que essas ferramentas voláteis são usadas apenas para o fim pretendido.

O que faz o DUP?

Olá, sou o Samuel Fishbein, Diretor Adjunto do Departamento Unificado de Proteção. Obrigado por reservares um pouco do teu tempo para nos visitar hoje, para saberes mais sobre o serviço inestimável que fornecemos a esta grande nação.

Cada um dos membros do DUP esforça-se diariamente para te proteger da ameaça do bioterrorismo e da ameaça causada pelo bioterrorismo aos nossos direitos, liberdades e ao modo de vida americano.

Acreditamos que, por muito importantes que sejam os nossos direitos à privacidade, de liberdade civil, de liberdade de expressão e de posse de arma, o direito de viver livre da ameaça de bioterrorismo é igualmente crucial.

Quando dizemos que estamos aqui para ajudar, não é apenas um slogan, é verdadeiro.

Quando se trata de proteger cidadãos do bioterrorismo, o que é mais importante: as liberdades civis ou a segurança nacional?

Sobre a dúvida do que é mais importante, as nossas liberdades civis ou a segurança nacional, a resposta é: essa é uma dicotomia falsa. Não se excluem mutuamente.

Sabemos que medidas radicais, mas necessárias, devemos tomar para proteger os nossos concidadãos da ameaça omnipresente e existencial do bioterrorismo. Contudo, ao tomar essas medidas, temos de encontrar um modo de fazer também cumprir a Constituição desta grande nação. E é precisamente isso que fazemos aqui, no Departamento Unificado de Proteção.

Porque é que o DUP emprega bioterroristas, se a vossa tarefa é apreendê-los?

No Departamento Unificado de Proteção levamos a nossa missão de proteger os cidadãos muito a sério. A nossa fundadora, Brooke Augustine, também é bioterrorista, mas é uma bioterrorista notável e única. Abençoada com um autocontrolo que não encontramos noutros bioterroristas, a missão da vida dela é garantir que a sua espécie não é responsável por mais massacres.

A Sra. Augustine e o DUP sabem, melhor do que ninguém, como os nossos adversários bioterroristas são perigosos. E também sabemos que, por vezes, a melhor maneira de lutar contra um inimigo poderoso é com uma força ainda mais poderosa.

Em conjunto com pessoal militar e cientistas de topo do DUP, Brooke Augustine supervisionou pessoalmente um programa de treino rigoroso para um pequeno grupo de agentes bioterroristas, que será usado em locais designados com uma supervisão rígida. Esses agentes são controlados pelos oficiais do DUP, onde me incluo, e foram implementados vários protocolos de segurança para garantir que essas ferramentas voláteis são usadas apenas para o fim pretendido.

Back to top
Bird icnBird icn
HISTÓRIA
O Departamento Unificado de Proteção (DUP) foi formado para responder à ameaça existencial criada pelo aumento do bioterrorismo. O DUP, uma ideia original da Tenente-coronel Brooke Augustine, passou de uma pequena força operacional para uma agência governamental importante, com poderes alargados, à medida que a ameaça do bioterrorismo evoluiu.

Ao contrário do que se pensa, a ameaça bioterrorista não termina com os eventos em New Marais. Na verdade, os ataques bioterroristas continuam e obrigam o governo a agir.
As forças armadas são chamadas para lidar com o aumento de novos ataques bioterroristas. Os militares são ineficazes e não conseguem travar o aumento de vítimas civis, ficando sujeitos a uma taxa inaceitavelmente alta de danos colaterais.
Sob a direção da Tenente-coronel Augustine, o Departamento Unificado de Proteção é criado por uma ordem executiva de emergência do Presidente. O DUP é uma força pequena de resposta rápida, distinta das forças militares, e a sua única responsabilidade é encontrar, capturar e encarcerar bioterroristas.
O DUP começa por capturar bioterroristas em San Diego, Santa Fe e noutras cidades dos Estados Unidos, sem qualquer vítima civil e com poucos danos materiais.
O sucesso na captura e na contenção dos bioterroristas permite a expansão do DUP. Começam por usar soldados respeitáveis e de confiança, diagnosticados com o gene bioterrorista, incutidos com uma versão mais fraca da habilidade de cimento da Tenente-coronel Augustine. Esse tratamento dá ao DUP uma maior vantagem para capturar bioterroristas com segurança e eficácia.
Curdun Cay, o centro de detenção que alberga um número crescente de bioterroristas, é melhorado. As instalações e os edifícios em volta são alterados de acordo com as especificações da Tenente-coronel Augustine. No espaço de um ano, as instalações albergam pouco mais de 300 bioterroristas, todos contidos em segurança por trás dos seus muros impenetráveis.
No terceiro ano de funcionamento do DUP, Brooke Augustine recebe o Prémio Nobel da Paz, por ter sido capaz de proteger o mundo da maior ameaça à paz, sem uma única morte bioterrorista ou civil.
Numa decisão sem precedentes, a Tenente-coronel Augustine recebe a autoridade de declarar a lei marcial nas cidades onde considere que será necessária para capturar bioterroristas. Torna-se a primeira pessoa, além do Presidente e de governadores, a exercer esse poder extraordinário.
Os ataques bioterroristas começam a diminuir e o DUP cresce e conta agora com 5000 agentes.
Desde a criação do DUP, há sete anos, nenhum condutor fugiu de Curdun Cay. Mais importante, nenhum civil morreu na captura de bioterroristas.
Há quem contrarie a opinião popular esmagadora e o currículo exemplar do DUP e tente limitar ou até encerrar o departamento, uma decisão que seria, sem dúvida, desastrosa para a sociedade. Aqui, no DUP, seremos SEMPRE leais ao nosso compromisso de manter o povo americano livre e seguro.
Back to top
Bird icnBird icn
COMPROMISSOS
OS NOSSOS COMPROMISSOS PARA COM TODOS OS CIDADÃOS DESTE PAÍS:
  • Bird icn wht
    Iremos agir a pensar no interesse da Nação, para a proteger da ameaça do bioterrorismo
  • Bird icn wht
    Iremos honrar os princípios da Constituição e defenderemos as leis desta Nação, trabalhando para preservar os Direitos e as Liberdades aí presentes
  • Bird icn wht
    Iremos opor-nos ao bioterrorismo e, quando necessário, até arriscaremos as nossas vidas para proteger a Nação
  • Bird icn wht
    Seremos responsáveis pelas nossas responsabilidades ao dissuadir e reprimir a ameaça bioterrorista
Back to top
DEPARTAMENTO UNIFICADO DE PROTEÇÃO
Bird icn wht
Proteger a nação, defender os nossos cidadãos.
Department of Unified Protection
Bird icn wht
Proteger a nação, defender os nossos cidadãos.